Quais Alimentos Consumir
Alimentos Construtores
Manejo Preservacionista do Açaí
O Nascimento do Açaí
Carga de Energia
Hango Hippie
Combustível de Atleta
O Corpo faz o Cardápio

O que é intolerância alimentar? Difícil de ser detectada, a doença que já atinge cerca de 100 milhões de brasileiros é provocada pelo consumo de alimentos que causam reações adversas no organismo. Em alguns casos, o controle depende apenas da substituição do produto.

Nem todos os alimentos, por mais importantes e saudáveis que pareçam, são benéficos à saúde de todas as pessoas. Alguns podem causar diferentes reações ao atingir o aparelho digestivo e outros sistemas do organismo deste ou daquele ser humano. O problema é conhecido como intolerância alimentar, e atinge de 50% a 60% da população mundial. No Brasil, a estimativa é de que 100 milhões de pessoas tenham a qualidade de vida afetada pelo consumo de alimentos que o seu organismo não aceita.

Os campeões da intolerância

1-grãos porque contêm glúten;

2- leite bovino devido à lactose;

3- café por causa da cafeína.

De acordo com o gastroenterologista Irineu Pantoja Júnior, da Clínica e Cirurgia do Aparelho Digestivo e Obesidade (SP), entre os principais sintomas que denunciam a patologia estão náusea, desconforto abdominal, diarréia e enxaqueca. "A intolerância alimentar é uma doença crônica, diferente da alergia, que é um processo agudo. Por isso exige tratamento contínuo, realizado por meio de uma dieta equilibrada e, claro, substituindo os alimentos rejeitados", finaliza o médico.

Primeiro contato na infância

Em geral, a patologia é manifestada na infância, quando os "vilões" são introduzidos na dieta da criança. Isto ocorre principalmente com a intolerância à lactose (dificuldade de digerir o açúcar natural do leite), e a intolerância ao glúten, também chamada de doença celíaca, que é a incapacidade de digerir a proteína gliadina encontrada em produtos que contenham trigo, aveia, cevada e centeio. Mas isto não é regra. Segundo o especialista, o problema, que está relacionado ao aumento de uma imunoglobulina, pode aparecer em qualquer fase da vida.

Para Pantoja, a intolerância à cafeína é a intoxicação celular pela substância, podendo causar enxaqueca e irritabilidade.

A importância do teste do pezinho

Embora seja menos comum, outra intolerância alimentar bastante conhecida é a fenilalanina, substância presente na Coca-Cola light e nas proteínas em geral, como carne, leite e derivados. A doença, chamada de fenilcetonúria, é um distúrbio no qual a enzima que processa o aminoácido fenilalanina está ausente. Com isso o aminoácido fica acumulado no organismo. A alta concentração da substância pode levar ao retardo mental. Segundo Vera Fidelman Ramalho Valverde, neonatologista da Maternidade Santa Joana (SP), a doença deve ser detectada nos primeiros dias de vida do bebê, através do teste do pezinho. "O diagnóstico precoce é essencial para que não se dê à criança alimentos que contenham fenilalanina", afirma.

Finalmente, a nutricionista Daniela Silveira, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica que para manter uma vida normal e saudável os portadores de intolerância alimentar precisam seguir uma dieta especial evitando os alimentos que contenham as substâncias reativas. "Antes de comprar qualquer alimento é fundamental ler os rótulos: com atenção especial à parte em que são descritos os ingredientes do produto", aconselha.

Alimentos e Nutrientes
O Açaí
Sucos de Saúde
Qualidade de Vida
Fitoterápicos - Academia do Açaí