Quais Alimentos Consumir
Alimentos Construtores
Manejo Preservacionista do Açaí
O Nascimento do Açaí
Carga de Energia
Hango Hippie
Combustível de Atleta
O Corpo faz o Cardápio
Alimentos e Nutrientes
O Açaí
Sucos de Saúde
Qualidade de Vida
Fitoterápicos - Academia do Açaí

DENTE DE LEÃO:

Dente de Leão tem como função principal a eliminação de toxinas do sangue, redução da acidose metabólica com conseqüente diminuição dos níveis de ácido úrico. Possui ainda ação hipoglicemiante e estimulante sobre o metabolismo linfático.

CHÁ TERMOGÊNICO:

Este chá é composto de ervas em combinação sinérgica agindo como estimulantes sobre o Sistema Nervoso Central, acarretando no aumento do metabolismo basal, com conseqüente elevação na taxa de lipólise e oxidação de gordura. Por conter pimenta e gengibre funciona como um excelente digestivo, antiinflamatório e desintoxicante do fígado.

CHÁ VERDE:

Catequinas de chá verde podem influenciar a composição corporal. Foi mostrado que as catequinas aumentam o gasto energético e a oxidação de gorduras, Dados publicados sugerem que o consumo de catequinas do chá verde aumenta (3-4%) o gasto de energia em 24 horas. Além disso, há uma redução da gordura armazenada no fígado com diminuição da gordura abdominal, prevenindo o aumento desta gordura. Chá verde possui efeitos protetores do sistema cardiovascular e sobre a pele, reduzindo os efeitos nocivos que os raios ultravioletas podem causar. Porém, seu consumo em excesso pode causar alteração na pressão arterial.

CHÁ BRANCO:

O Chá Branco, também conhecido como “White Tea”, possui grande concentração de polifenóis, além de outros antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular. Além dos polifenóis também é rico em manganês, potássio, ácido fólico e vitaminas C, K, B1 e B2. Assim como o chá verde, o branco acelera o metabolismo e ajuda a eliminar a gordura corporal. Porém, ainda não se comprovou o quanto exatamente o chá branco é mais eficiente do que o verde para emagrecer. Pesquisas indicam que a versão verde aumenta a queima de calorias em cerca de 4%.

CHOCAMINE:

Os fitonutrientes encontrados neste complexo reúnem as propriedades, altamente antioxidantes e energéticas da cafeína, vitamina C, polifenóis e teobromina, promovendo restabelecimento da vitalidade, bem estar físico e mental, maior estado de alerta, estímulo sobre o Sistema Nervoso Central e prevenção do envelhecimento precoce.

CHÁ HIBISCUS:

A alta concentração de antocianina atribui as seguintes propriedades: ação antioxidante e antiinflamatória; no estômago, facilita a digestão; no intestino, impede parte da absorção de carboidratos e da gordura dos alimentos. Aumenta a diurese e favorece a digestão lenta e difícil; possui ainda propriedade anti-hipertensiva e calmante.

COLÁGENO HIDROLISADO:

O colágeno hidrolisado é uma proteína pura, é isento de gorduras e carboidratos, no qual contém a composição ideal de aminoácidos necessários para a síntese de colágeno. O colágeno hidrolisado não é resistente às enzimas proteolíticas e é quase totalmente digerido (85-95%). Assim, os blocos de aminoácidos são prontamente reabsorvidos. Alguns fragmentos maiores de colágeno são reabsorvidos através da parede intestinal acumulando-se nos tecidos, principalmente no tecido cartilaginoso.

Nos países ocidentais, já é conhecido os efeitos da ingestão de colágeno como um promotor da saúde no qual afirmam que a ingestão regular e abundante de colágeno melhora as condições das juntas por diminuir a dor. O colágeno hidrolisado possui interesse como agente terapêutico de potencial utilidade no tratamento de osteoartrite e osteoporose. Seu alto nível de segurança o torna atraente como um agente para uso em longo prazo nestas e em outras desordens crônicas. Além destas propriedades, podemos destacar os efeitos positivos para a pele, cabelos e unhas de alimentos contendo colágeno. Foi comprovado, que o consumo regular de colágeno na forma de colágeno hidrolisado aumenta o diâmetro e a densidade do cabelo e colabora para que a pele se torne bem mais lisa. Foi concluído que a ingestão de gelatina colágeno hidrolisado em longo prazo pode aumentar a estabilidade e a resistência mecânica de partes do corpo ricas em proteína, como por exemplo, cabelo, pele, osso e cartilagem.